De que morreram os dinossauros?

As teorias variam desde queda de meteoro a mudanças climáticas, mas evidências apontam para uma catástrofe global
© Iosif/fotolia

A teoria mais aceita para a extinção dos dinossauros é a do impacto de um grande meteoro que teria causado um cataclismo global. Mas volta e meia surge nova teoria para competir com aquela. A mais nova sustenta que os dinossauros morreram em decorrência de uma queda brusca de temperatura.

Segundo pesquisadores da universidade de Plymouth, Estados Unidos, fósseis encontrados na Noruega indicam que a temperatura dos mares caiu de uma variação entre 9ºC e 13ºC para entre 4°C e 8°C, há supostos 137 milhões de anos. De acordo com os cientistas, a extinção dos dinossauros foi resultado de uma série de eventos ambientais que começaram com a mudança na temperatura.

Os pesquisadores afirmam que o frio foi muito severo para as espécies que viviam em locais mais quentes, como áreas mais rasas de oceanos, além da terra e pântanos. Esses animais teriam morrido porque não aguentaram a mudança. “Acreditamos que os dinossauros tenham sido provavelmente criaturas de sangue frio e teriam que se aquecer para viver. Se eles não foram capazes de migrar para o sul, eles podem ter sido extintos. [...] Acreditamos agora que eles morreram gradualmente e é muito possível que isso tenha sido causado por uma série de mudanças climáticas”, diz um dos pesquisadores.

Se a morte dos dinos foi “gradual”, como explicar o processo de fossilização em larga escala e as evidências de morte por afogamento? Bem, pelo menos já estão admitindo que a extinção dos dinossauros (e de muitos outros animais, na verdade) foi devida a mudanças ambientais globais. Possivelmente, esses animais já mortos tenham sido congelados na glaciação posterior ao dilúvio.

Resta apenas aos pesquisadores juntar num único evento cataclísmico, conhecido como dilúvio, todas as peças do quebra-cabeça: intensa chuva meteorítica, vastos derrames de lava, transgressão marinha e deposição de sedimentos nos continentes, formação plano-paralela rápida da coluna geológica, soterramento instantâneo e fossilização em massa de muitos animais, queda de temperatura, etc.

Autor: Michelson Borges - Publicado em: 10/04/2014 - Fonte: