Escolhido pela rainha

O pastor que se tornou governador-geral da Jamaica
Carlos Seribelli
O governador-geral da Jamaica, Patrick Linton Allen, é o primeiro pastor adventista a ocupar  a Casa do Rei, nome dado à mansão em que vive o representante da rainha. A Jamaica é uma monarquia constitucional e uma democracia parlamentar. Isso significa que o poder é exercido pela rainha Elizabeth II e pelo governador-geral, que a representa. Entenda porque um adventista foi escolhido a dedo pela sua majestade, a rainha. Lá, 12% dos 2,8 milhões de habitantes são adventistas.
 
Como foi sua escolha como governador-geral da Jamaica? 
A escolha é feita pelo governo. É uma pós-eleição. Ele faz uma recomendação para sua majestade, a rainha. Eu acho que fui selecionado por causa da necessidade de ter alguém que pudesse representar melhor o que uma nação deve ser. Foi, de certa forma, a busca por uma liderança moral para a nação. Eles procuraram por toda parte, não só na igreja. Não há razão pela qual eles não deveriam olhar para a igreja ao procurar esse tipo de liderança. Tradicionalmente, a Igreja Adventista do Sétimo Dia tem desempenhado um papel importante na construção do país. 
 
A Igreja Adventista é a maior denominação protestante na Jamaica. O que mudou para a Igreja depois que você assumiu essa função?
Muitas pessoas aprenderam mais sobre a Igreja e o nível de respeito dela foi elevado. O apreço e a admiração pelos adventistas cresceu bastante e as pessoas querem saber como é que dentro dos muros da igreja uma pessoa poderia ser encontrada para uma posição como essa. É uma faca de dois gumes: a Igreja tem sido colocada sob os holofotes e as pessoas vão ver o bom e o não tão bom assim. Por outro lado, esse destaque traz uma responsabilidade ainda maior para os membros, que terão de dar um bom exemplo às outras pessoas. 
 
No Brasil, há um sentimento de rejeição à política e aos políticos. O que o povo jamaicano pensa sobre isso? E o senhor?
A estrutura do governo brasileiro é um pouco diferente da que temos na Jamaica. Aqui, temos a percepção de que alguns políticos são corruptos por terem feito coisas que não deveriam fazer. Mas nem todos os políticos são corruptos. Muitos têm um senso de valor bem elevado. Há políticos que são ministros, advogados e outros que ocupam profissões diferentes.
 
Que problemas a Jamaica está enfrentando?
A Jamaica enfrenta problemas que muitos outros países em desenvolvimento têm: crime, crises econômicas, problemas sociais, desemprego, etc. Precisamos exportar mais e equilibrar nossa balança comercial. Precisamos orientar os jovens para se tornarem líderes mais responsáveis e manter a tradição. Assim poderão passar essa herança adiante.
 
Como sua fé pode ajudar o país a resolver esses problemas?
Não estou na administração do governo, então não posso resolver isso. Meu papel é orientar e realizar tarefas constitucionais, cerimoniais e comunitárias. Minha fé é tudo e desempenha um papel muito importante em minha vida. É nela que meu sistema de valores está enraizado.
 
Como você concilia a observância do sábado com sua função?
Nunca tive problemas ao guardar o sábado. Minha posição não interfere na observância do dia sagrado.
Autor: Leonardo Siqueira - Publicado em: 02/07/2013 - Fonte: