A diversidade religiosa do mundo

Compreender o diferente pode ajudar a promover o respeito pelo outro
Rogério Chimello

Com o processo de globalização, não existem mais limites geográficos para as grandes religiões mundiais. A migração e o avanço das tecnologias de comunicação fizeram com que, por exemplo, o islamismo invadisse a Europa e os Estados Unidos tivessem quase 3,7 milhões de adeptos do budismo. Mas essa troca cultural também tem gerado conflitos religiosos. Por isso, entender um pouco a complexidade e diversidade de crenças no mundo pode promover o respeito pela fé do outro.

Judaísmo

14 milhões ou 0,2% da população mundial
Vivem mais judeus nos Estados Unidos (5,7 milhões) do que em Israel
Os judeus são maioria apenas em Israel (76%)
Média de idade: 42 anos

Budismo

480 milhões ou 7% da população mundial
Sete países são de maioria budista: Camboja, Tailândia, Mianmar, Butão, Sri Lanka, Laos e Mongólia.
Além do sudeste asiático, a concentração de budistas só é representativa nos Estados Unidos (3,5 milhões de adeptos) e Europa.
Média de idade: 47 anos

Sem religião

1,1 bilhão ou 16% da população mundial
São maioria em seis países: República Tcheca (76%), Coreia do Norte (71%), Estônia (60%), Japão (57%), Hong Kong (56%) e China (52%).
Esse grupo inclui ateus e agnósticos, mas principalmente quem acredita em Deus mas não tem vínculo institucional com igreja.
Média de idade: 46 anos

Cristianismo

2,2 bilhões ou 32% da população mundial
De 232 países pesquisados, 68% são de maioria cristã e 87% dos cristãos vivem neles.
Seus principais segmentos são: católicos (50%), protestantes (37%) e ortodoxos (12%).
Média de idade: 35 anos

Islamismo

1,6 bilhão ou 23% da população mundial
São maioria em 21% dos 232 países pesquisados. Cerca de 82% deles vivem no norte da África, Oriente Médio e sul da Ásia.
Seus maiores grupos são os sunitas (87%) e xiitas (13%).
Média de idade: 33 anos

Hinduísmo

1 bilhão ou 15% da população mundial
97% dos hindus vivem nos únicos três países em que são maioria: Nepal, Índia e Ilhas Maurício. Somente a Índia tem 973 milhões de praticantes.
As principais ramificações adoram os deuses Vixnu e Xiva
Média de idade: 38 anos

Religiões populares

São 405 milhões de adeptos ou 6% da população mundial
São religiões baseadas mais na tradição oral do que em um sistema institucional. Alguns exemplos são as tradições tribais da África e indígenas do Brasil.
90% deles estão no sudeste da Ásia. Outras concentrações estão na África, América Central e Brasil.
Média de idade: 44 anos

Outras religiões

São 58 milhões ou 0,8% da população mundial
São religiões pouco pesquisadas nos censos, como o xintoísmo, zoroastrismo, taoismo e wicca.
89% deles estão no sudeste da Ásia, principalmente na Índia, China e Japão
Média de idade: 45 anos

Fonte: Pew-Templeton Global Religious Future Project (2010).

Autor: Wendel - Publicado em: 05/07/2014 - Fonte: