O perfil dos jovens digitais brasileiros

Eles são conectados, consumistas, aventureiros...
Rogério Chimello e Fotolia

Conectados, consumistas, aventureiros, ambiciosos na profissão, engajados nas causas sociais e liberais quanto ao sexo, drogas e à prática da religião. A grosso modo, esse é o retrato pintado pelo estudo Jovem Digital Brasileiro, divulgado pelo Ibope em agosto. O objetivo da pesquisa, realizada nas principais regiões metropolitanas do Brasil, foi identificar o impacto do maior acesso à internet nos hábitos de consumo e comunicação dos jovens de 18 a 25 anos. Veja os principais dados.

Perfil – socioeconômico

17% da população das maiores cidades do país
53% da classe C
73% vivem com os pais
76% são solteiros

Estudo – Formal e de idiomas

26% têm o ensino superior incompleto
26% sabem inglês
15% sabem espanhol

Responsabilidade – No trabalho e em casa

48% trabalham em período integral
19% são pais ou tutores
57% têm cartão de crédito
4% fizeram um empréstimo no último ano

Consumo – De informação

77% acessam a web em busca de informação
31% consomem revista na versão impressa + digital
61% consomem mais de uma mídia ao mesmo tempo (multimeios)
17% têm ao menos um tablet em casa (multitelas)
47% têm smartphone

Comportamento

19% nunca transaram
23% costumam fumar maconha
56% bebem
46% querem casar na igreja
20% não têm religião

Nas redes sociais

93% navegam nas redes sociais
90% veem fotos postadas por outros
75% comentam assuntos do cotidiano
45% preferem conversar pela web
352 é a média de contatos por usuário
31 é a média de pessoas com quem falam regularmente

O grupo estudado, que representa 12 milhões de pessoas, é definido como a própria personificação das mudanças atuais. Cerca de 85% deles têm acesso à web, muito mais do que os 35% que estavam conectados à internet em 2003. Simultaneidade, convergência, criatividade, inovação e protagonismo são as aspirações da geração atual que, ao mesmo tempo que se sente tão poderosa, não pode se esquecer de suas profundas fragilidades.

Autor: Wendel - Publicado em: 05/10/2014 - Fonte: